Templos do Egito Antigo

 

Os antigos templos egípcios foram megaempreendimentos da Antiguidade. Ainda impressionam pelo seu tamanho e ousadia arquitetônica. Os que chegaram aos nossos dias estão desbotados e em ruínas, mas são um símbolo do que foi o Império Faraônico.

Em 392, Teodósio proibiu o culto a deuses pagãos e alguns templos egípcios foram adaptados como igrejas cristãs. Após o domínio árabe, no século 7, alguns templos foram também adaptados como mesquitas.

Descobertas arqueológicas continuam sendo feitas no Egito, com ajuda de cientistas e missões internacionais. Mais templos e pirâmides antigas são encontradas também na Núbia sudanesa, como em Meroé e Soleb.

Mais: Cristianismo e Mesquitas do Egito

 

 

As estátuas colossais do Templo de Ramsés II, em Abu Simbel, um dos principais destinos turísticos do Egito.

 

Estátuas egipcias

 

Piramides

 

Kom Ombo

 

Templo Amon Karnak

 

Templo de Isis na Ilha de Agilika, relocado de Philae nos anos 1970.

 

Ruínas do Templo de Amon, em Karnak, antiga Tebas. Foi um dos mais importantes templos egípcios da Antiguidade.

 

Turistas visitam o Templo de Edfu, na Província de Assuan, um dos mais bem preservados do Egito Antigo. Ficou coberto pelas areais do deserto, por séculos.

 

Mosteiro

 

Templo Agilika

 

Templo Edfu

 

Mesquitas

 

Templo de Nefertari

 

Egito

 

Philae ilha

 

Templo Luxor

 

 

 

Monte Sinai

 

 

Historia Egito

 

Cruzados

 

Esfinge

 

Copyright © Guia Geográfico - Lugares históricos egipcios.

 

Templos do Egito Antigo

 

Mapa turistico

 

 

 

Egito